domingo, 27 de fevereiro de 2011

A Cicciolina é húngara ou Budapeste por alto...

Fui eu de viagem pra Hungria, ainda em lua-de-mel com o Brilliant Brunette que levei na mala porque atua bem em emergências. Coisas que eu sabia sobre a Hungria:

PRATICAMENTE NADA!

Então resolvi comecar a pesquisar e buscando um restaurante bom e romântico em Budapeste, não é que encontro a Cicciolina leve e faceira em uma foto no interessantíssimo restaurante Robinson. O restaurante é um luxo, mas no site, o que me chamou a atencão mesmo foi a Cicciolina, que eu jurava que era italiana!
Digitei Cicciolina no google e descobri que a danada é húngara! Achei muito curioso e resolvi homenagear a precursora do pornô moderno no post.
Mas enfim, o post não é sobre a Cicciolina e sim sobre a Hungria, mais específicamente Budapeste. Enquanto menininha lá no Rio, no distrito de Jacarepaguá, longe a beca de tudo, nunca passou pela minha cabeca que eu visitaria Budapeste, mas meu namorado me convenceu a largar Paris de mão e ir pra Babylon...quer dizer, pra Hungria. Me desculpem, mas o contexto dessa viagem pra nós estava tal e qual a letra de "Babylon"do Zeca Baleiro, aí me confundi um pouco...
Voltando a Budapeste, achei uma beleza! Se tivesse saído do Rio direto pra lá, teria me chocado menos com o estado de alguns prédios tão bonitos porém um tanto quanto mal cuidados. Como na Suécia os prédios são super limpos e bem conservados, o caminho do aeroporto ao hotel foi um pouco decepcionante...vamos ver como vai ser essa minha volta ao Brasil mês que vem, quais vão ser minhas novas impressões sobre minha pátria amada, pois como disse meu namorado depois de me ouvir cantando o hino nacional entusiásticamente: "I am pretty patriotic!"
Chegando ao hotel, eu, neguinha do Rio estava um pouco assustada com o leste europeu. Pra depois de 20 minutos caminhando pela cidade me achar bem ridícula! Budapeste é bem legal, lindos monumentos, excelente culinária, a peculiaridade dos banhos termais e os precos excelentes, muito melhores que os precos do Rio de janeiro diga-se de passagem.
Como viajei no padrão "Young couple", também valeu muito a pena, pois a cidade é muito romantica, os cafés charmosissímos e pra quem está afim de gastar dinheiro em roupas de marcas famosas, ou perfumes, também não deixa a desejar (eu gosto mesmo é de liquidacão, onde me sinto muito esperta por ter comprado o mesmo ítem por um pentelhésimo do preco).
O hotel era um quatro estrelas (http://www.cosmofashion.hu/) que caiu pra três, não sei bem porque. Resumindo o que eu obtive por uma bagatela encontada depois de muita pesquisa no http://www.booking.com/ : Cama gigante e maravilhosa, lencois branquíssimos e limpíssimos, design interessante nas cores da Barbie (amei essa parte), banheiro também limpíssimo, ducha deliciante, atendimento de qualidade (principalmente por parte da garconete do restaurante, uma loira de cabelos longos que nos deixou provar várias pálinkas antes de nos decidirmos pela melhor), localizacão melhor impossível. O hotel é fantástico pra quem quer bater perna o dia inteiro, e voltar pra uma cama maravilhosa, uma ducha gostosa, snacks, cerveja húngara e finalmente ser paparicado(a)  pelos funcionários.
O restaurante do hotel é uma delícia, poucas pessoas, luz de velas e comida deliciosa recomendada pelo chef, saindo a 50 reais para o casal! O meu peito de frango com queijo de cabra, tomates secos e batatinhas estava maravilhoso, e o namorado também gostou do peixe dele.
A cerveja húngara é um capítulo a parte, tivemos que trazer pra casa! Eu adoro ceveja, e pra quem não gosta, o vinho também é muito bom, pra quem ainda está depreciando, tem pálinka e até absinto pros corajosos.
Os banhos termais são assunto pra outro post, mas já adianto que vale muito a pena, mesmo no inverno!
Essas foram as coisas mais marcantes durante a viagem. Ainda escreverei alguns posts complementares pra não ficar misturando assuntos sem ser específica com relacão a nenhum deles. Pra quem ainda duvida, posto aqui o brilho do condicionador Brilliant Brunette!


Um comentário:

  1. Arrasou nas dicas. Qd for para Budapeste vou direto ao ponto!

    ResponderExcluir