quinta-feira, 10 de março de 2011

Amores antigos: Avéne Cleanance soapless gel cleanser



Eu voltei hoje para complementar o post de ontem, no qual eu falava do tônico cleanance da Avéne. Eu disse que usava apenas o sabonete aqui na sueca e ele segurava bem os problemas da minha pele que é super oleosa, com poros abertos, num inverno suuuuuuuuper rigoroso (no Rio, o sabonete sozinho não faz nem cócegas).
No inverno, cuidar da minha pele é bem mais fácil. Os poros se fecham, a oleosidade é controlada pelos graus negativos do lado de fora de casa e a pele fica um luxo! Esse sabonete tem sido um amigão (até o bofe se rendeu porque estava com cravos e os cravos sumiram depois que ele comecou a usar o sabonete por recomendacão minha).
Este post vai ser bem rapidinho porque é só um complemento do de ontem. O que eu penso desse sabonete? Pra comecar, tem uma alta concentracão de água termal da Avéne, o que é excelente, antinflamatório, e tudo o de mais maravilhoso que a água termal representa pra mim atualmente! rs
Mas o grande diferencial desse sabonete, segundo a minha dermatologista, é que ele realmente é um sabonete sem sabão na composicão. Pra mim que uso ácidos na pele quando no Brasil e enfrento temperaturas baixíssimas quando na Suécia, é um bálsamo, que não agride a minha pele e diminui bastante a vermelhidão, além de fazer desaparecer os cravinhos. Outro ponto positivo, é que apesar do preco salgadíssimo (70 e poucos reais nas farmácias cariocas), ele dura um ano fácil, pois rende bastante, uma gotinha é o bastante para lavar o rosto durante o banho.
Eu confesso que no Brasil não compro porque é muito caro, então tenho outros sabonetes que são bons, mas nunca tão bons quanto esse (falo dos brazucas em outro post), mas aqui na Suécia, como é práticamente o único cuidado que tomo com a minha pele, acho que vale o investimento. Vale recordar: os hermanos vendem avéne muito mais barato...então, qualquer viagem pra Buenos Aires vale muuuuuuuuuito a pena!
Falei e disse!

Nenhum comentário:

Postar um comentário