terça-feira, 31 de maio de 2011

Ruby Woo x Russian Red




Queria comparar esses dois vermelhões opacos da M.A.C., prometo que depois do post de hoje vou dar um tempo de falar de batons, mas eu estou com essa idéia fixa de vermelhos e ainda preciso falar de um da Clinique que também é o máximo!
As meninas dos outros blogs esclareceram bem que o Russian Red é um vermelho um pouco mais fechado que o Ruby Woo. Seria a diferença do vermelhão pra um que fosse um pouquinho mais puxado pro vinho.
Como peguei essa foto do mercado livre, o Saint Germain tá aí de bicão! Gostaria de saber quem tá na torcida do Ruby Woo e quem tá na torcida do Russian Red...

Eu já levantei a bandeirinha do Ruby woo!!!!!

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Batom "Up the Amp" amplified da M.A.C.




Se você é morena, louca por maquiagem e estava atrás de um lilás que fosse ser o must na sua pele sem aquele efeito cintilante horroroso, seus problemas acabaram! A M.A.C. lançou o que estávamos procurando, e o nome dele é "Up the amp"!
Procurar na duty free shop é perda de tempo, eles não tem, e comprar na loja vocês já sabem, aquele preço, então estou pesquisando na internet a melhor maneira de achar essa lindeza por um preço mais acessível. Sabendo que vou pra Europa em julho, vou ter que me segurar pra não comprar por esse preço abusivo dos produtos importados por aqui!
Se vocês ainda estão em dúvida, quem usa esse batom em novelas é a Nívea Stelmann, que moreníssima, ficou linda com esse tom lilás!



Pra quem não vai viajar, nas minhas pesquisas acabei achando um site que vende maquiagem da M.A.C. por um precinho mais camarada, muitas das melhores cores estão esgotadas, mas vai que eles repoem, né. Batom da M.A.C. por 39 reais nem na Suécia!

http://www.upmakeup.com.br/mac/boca.html?p=2

Por hoje é só, lindonas!

domingo, 29 de maio de 2011

Esmalte Cine Risqué - Felizes para sempre






Bom dia de domingo chuvoso para todas nós! Pelo menos aqui no Rio o tempo está feinho a beça! Passei pra deixar alguns comentários a respeito do esmalte da semana. Eu não curto metálicos, mas esse parecia legal. Não amei o resultado, mas até que ainda não me deu vontade de tirar, porque vou fazer um estilo executiva da rua do ouvidor querendo ser elegante e discreta essa semana, pra isso, o esmalte serve. Ele é um dourado super discreto com nome sugestivo, vou deixar pra ver o que acontece...
 O resultado foi esse:


Até que ficou bonitinho mas nada fantástico. Vou tentar colocar um extra brilho por cima pra ver se eu me interesso mais por ele. Aliás, no próximo post vou falar sobre este extra brilho e sobre essa marca desconhecida que além de custar super baratinho, não faz feio na fixação e nem na cor.

sábado, 28 de maio de 2011

super natural sun maybelline - Golden sun

Pó Bronzeador Super Natural Sun
Ah, Marília, não faz a lôca que você, neguinha, usa um pó bronzeador! Calma, vou explicar. Eu também achava que pra mim não iria fazer tanto efeito, mas não é que o resultado é excelente! Eu uso esse pó como blush, e o efeito é super natural no meu tom de pele. Eu só acho que para as mais branquinhas o efeito não é dos melhores, minha madrinha, que me deu o pó, disse que na pele dela o efeito ficou super falso (ela é super branquinha)!
Eu uso com o pincel menos concentrado, pois o efeito fica ainda mais natural, essa é outra coisa que aprendi sozinha e depois vi que era técnica de maquiagem. Se você quiser amenizar um pouco a cor do blush, use um pincel de cerdas separadas:


(pode até ser esse aí chamado Kabuki, que agora é queridinho dos maquiadores)

Agora, se você quer sublinhar e marcar bem as bochechas com o blush, ou dar mais uma substancia para algum blush clarinho que você tem em casa (pra nós negras, isso é frequente, visto que o blush de marca européia, tende a ser muito clarinho pro nosso tom de pele - vide Dior, Clinique e Bourjois), a melhor opção é aquele pincel de cerdas mais unidas:




Acho que vou começar a campanha "Eu quero um Kabuki da Mac" rsrsrsrs

bjos!

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Express color press on express eye shadow




Eu tardo mas não falho! Cheguei meio tarde, mas cheguei. Eu isse que escreveria resenhas dos presentes que minha best friend trouxe pra mim da França, e aqui estou eu cumprindo com o combinado. Esse aí é bem interessante, uma sombra que já vem pronta em 3 camadas, pra quem não tem muito talento com os pincéis e os efeitos que podemos conseguir com as amiguinhas sombras. Esse aí tinha três cores (digo tinha, porque só há produto o suficiente para uma aplicação), branco, lilás e preto.
Eu achei que a combinação das cores é uma surpresa muito agradável, porque depois de aplicar nos olhos, você precisa organizar a mescla com um pincél, gostei do resultado, mas ele foi totalmente diferente do que eu esperava. Depois que você abre a caixinha, ele vem assim:



O resultado é um cintilante mesclado bem legalzinho que não dá pra ver muito bem nas fotos, mas vou postar como ficou:




É claro que a maquiagem a essa altura já estava completa, pele feita e um corretivo numero 0 (parece até aquela musiquinha da rua dos bobos numero 0...rs), da Catherine Hill, é um iluminador opaco pra quem tem pele negra, o efeito é bem legal, ó ele aí:


Não liguem pra lip butter de manteiga de karité da Body Shop no fundinho da foto, mas é que ela já virou minha companheira inseparável de todas as noites!
Depois completei a make bem basiquinha com rímel preto line, batom "amour" da payot e gloss rosinha do Boticário:




Por fim, o resultado foi esse aí (ah, esqueci de mencionar a base da pele que eu fiz com pó studio fix da Mac e corretivo da Mac também! Morro de vergonha de postar fotos minhas, mas, aí vai:



Espero que tenham gostado!

Beijões meus!


quinta-feira, 26 de maio de 2011

Satinelle Ice


Esse é mais um produto que me salva nas situações mais difíceis! É um depilador que retira os pelos pela raís, fácil de ser utilizado e que ainda por cima conta com uma plaquinha de gelo acoplada ao aparelho que reduz consideravelmente a dor causada pela remoção do pelo. Eu curto porque me economiza uma grana de depilção. O preço é meio salgadinho (eu paguei uns 300 reais), mas o que te salva depois, não tá no gibi. Dá pra fazer perna e axilas com ele, virilha eu acho meio complicado, então continuei com a minha depiladora fofinha. É uma excelente dica pra quem mora na Europa e não quer gastar aos tubos com depilação nem acabar com anos de dedicação a pele em 10 minutos de gillete!
Atualmente ele tem algumas novas versões com bateria e outros gueri gueris, se você curtiu, não se faça de rogada!

Eu e minha melhor amiga temos e não nos arrependemos!

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Lorraine Massey e os cabelos cacheados



Bom dia meninas!
Ontem eu estava lendo um post do blog que eu adoro, o "Encaracoladas" e vi um post interessantíssimo sobre essa moça aí se cima. O nome dela é Lorraine Massey e ela é cabeleireira e criadora da linha Deva Curl. Depois de defender os cabelos naturais e encaracolados até a morte, ela lançou vários vídeos ensinando como tratar e modelar os cabelos cacheados. Eu estou tendo muita dificuldade em modelar meu cabelo ao natural, e me falta tempo para tratá-lo e penteá-lo (o que agora sem química, demora muito mais!). Ela tem um salão que virou febre em Nova Yorque só para tratar de cabelos cacheados e naturais com os produtos que ela mesma criou. Nesse vídeo, ela mostra como arrumar os cabelos do dia seguinte, ou seja, você acordou com aquela juba e não vai molhar os cabelos, eu achei super legal, porque a menina do vídeo tem o cabelo igualzinho ao meu! Quem puder e tiver tempo, dê uma conferida!

http://www.marieclaire.com/video/?c=BeautyHowTos#v775041585001

Os produtos Deva Curl no Brasil custam uma baba! Então, eu aconcelho substituir o spray "Set it free" que ela usa pelo Spray umidificador de cachos colágeno da L'oreal. Se quiser gastar, compre o Deva Curl mesmo, porque atualmente ele é considerado o must para cabelos cacheados.

terça-feira, 24 de maio de 2011

O efeito opaco Lápis Batom



Eu tenho verdadeira loucura por batons opacos, acho o efeito extremamente elegante. Já estou programando minha próxima máquiagem para uma festa super legal na combinação vestido chumbo e batom vermelho cereja opaco, vai ficar o máximo!
Ainda não experimentei as novas linhas de batons que se dizem super opacas, mas a da Contém 1g não funciona, então, pra mim, cobertura perfeita e efeito opaco, só com lápis batom! Porque os batons mesmo com consistência de batom, deixam a desejar no efeito opaco, e aqueles de passar com dedinho ou pincel, na cobertura. A duração do lápis batom também é um efeito a parte, dura pra sempre na boca! Eu tenho 3 cores que sempre uso, um nude, um vermelho cereja e um vermelho café, adoro todos! O nude ainda pode ser usado com gloss se você preferir um brilho a mais!
Batom vermelho está na crista da onda, então, se você quiser arrasar, é só arriscar no vermelho opaco (seja discreta na escolha das cores da roupa, pelo amor de Deus! No geral, com cinza, ou preto, fica um luxo!). O meu trio de lápis batons é da Contém 1g, e eles tiraram de linha para substituir por um que não funciona (porque não é lápis, hehe). Eu estou muito satisfeita com meu trio ternura, e fico daqui rezando para que outras empresas de cosméticos produzam mais cores de lápis batom!
Só pra deixar todo mundo a parte do que eu estou falando, aí vão algumas famosas que apostaram no efeito opaco e não erraram:

    

Quem conhece outras opções de batons opacos que não deixem a desejar, pode se manifestar!

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Chubby Stick moisturising lip color balm - Clinique




Eu sou fã com carteirinha e tudo da Clinique, especialmente por saber que vou usar a maquiagem e não vou ter qualquer tipo de reação alérgica daquelas que eu sempre tenho com alguns produtos, não importa o quão renomada seja a marca.
Há muito tempo eu não andava pelo Rio Sul, essa semana tive que ir buscar meu diploma na faculdade e acabei dando um pequeno passeio pelo shopping, quando dei de cara com o banner de um novo produto da Clinique: Esse lip color balm fofíssimo!

NOVO! Chubby Stick Moisturising Lip Colour Balm

O preço por essas bandas é bem salgadinho (75 reais por 2g de produto, rs) e eu ainda não experimentei para recomendar ou não, mas que é fofo é! A fórmula desse lip balm (que em bom português acaba sendo sempre manteiga de cacau pra gente, mesmo sem ser de cacau...rs) nesse caso contém manteiga de manga e de karité, ingredientes altamente hidratantes e um toquezinho de cor. Por falar em cor, eles trazem 6 diferentes:



Eu escolheria o último, o vermelhinho da direita! E vocês...

domingo, 22 de maio de 2011

Primer Veil Foundation primer neutral Bodyography



Tô nessa de falar um pouco dessa marca menos conhecida no merdado brasileiro. Mesmo tendo qualidade profissional inegável, o povo ainda tende a não comprar. Hoje vim falar do primer. Acho que a essa altura do campeonato, todo mundo já sabe o que é esse produtinho sem cor utilizado por baixo da base para deixar a pele mais lisinha e ainda ajudar a dar uma fixada na maquiagem.
Quem acompanha o blog sabe que eu não costumo usar muita base, imagina primer! Mas esse eu ganhei da minha madrinha-prima e resolvi testar. Ele não é lá muito baratinho, mas acho que pra quem curte uma pele mais lisinha na hora do make, vale a pena. Eu vi no mercado livre (que costuma vender as coisas por precinhos mais camaradas) esse primer por 69 reais.
Eu realmente senti uma melhora na textura da minha pele quando apliquei, parece ter cor, mas não tem, é neutra mesmo como o nome diz. Na fórmula tem antioxidantes, chá verde e vitamina E para reduzir os danos causados pelos radicais livres. Também possui extratos de semente de uva e de jojoba que ajudam a condicionar a pele. A cor neutral ajuda a camuflar olheiras e marcas, suavizando e texturizando a pele.
Também está disponível nas cores verde, roxo e o clear que é translúcido. O primer ainda ajuda a disfarçar rugas e linhas de expressão.

sábado, 21 de maio de 2011

Presente de dia das mães atrasado!

Oba...hoje tô cheia de coisas pra fazer, guardei meu bofe sossegadinho em casa, e vou sair com as amigas. Não vai dar pra fazer um post caprichado como o de ontem, mas prometo que a mulherada vai amar esse.
Pensando sempre no dia de amanhã como estou, às vezes me pego pensando em como será quando eu tiver que começar a curtir uns grisalhos, ou melhor, um grisalho, que é o meu! Aí assistindo a um comercial suequíssimo da Dressman (loja de roupas masculinas sueca) percebi que envelhecer na por lá nem é tão ruim assim...hehe

Presente de dia das mães pra todas as mães na faixa etária da minha:



Uma homenagem àquelas que não devem nunca perder a alegria de viver, e a esses grisalhos maravilhosos!

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Dicas de Viagem: Malmö - Suécia

Eu bem me lembro ter prometido um post de dicas de viagem sobre Malmö na Suécia na época em que escrevi o de Copenhagen, mas depois, me esqueci completamente! Estava eu conversando com um amigo que está indo pra Suécia agora no verão e me lembrei de sugerir 10 coisas legais pra se fazer em Malmö.
Se você estiver em Copenhagen, não deixe de pegar o trem na central e ir à Malmö, pois leva apenas 30 minutos de uma cidade a outra (e de um país a outro, também)!

1- Cara, pra mim, o grande lance de Malmö (no verão, é claro!) são os parques. Me lembro bem que da 
primeira vez que entrei no Pildammsparken, achei que tinha morrido e ido pro paraíso! É bom pra fazer farra com os amigos nos gramados, correr, andar de bicicleta, ver os patos no lago, ver o anfiteatro, os jardim da rainha Sílvia, enfim! É uma lindeza, eu sou apaixonada por aquele parque.
 






2- A segunda grande sacada pro verão, é a praia! Isso mesmo, Malmö também tem praia! Depois que a gente entende que é uma praia do mar Báltico, na Suécia, dando-se os devidos descontos, dá pra achar o máximo! Mesmo sendo carioca da gema, acostumada com praias maravilhosas desde pequenininha, gostei da Ribersborg Beach. Dá pra andar de bicicleta, ver muita gente bonita "se querendo" muito só porque é verão, sentar no deck pra pegar Sol e mergulhar de lá mesmo. No maior estilo Miami Beach sueco, eu recomendo!





3- Eu sou uma consumista nata e acho que isso não é novidade pra ninguém! Malmö é legal pra comprar, porque tem preços mais acessíveis do que o resto da Escandinávia (aliás, deixe pra gastar dinheiro em Malmö, porque em Copenhagen, tudo sai pela hora da morte!).

 -"Södergatan" = Não deixe de ir à rua de compras mais fofa que eu conheço.



- H&M = Desça a rua Södergatan toda e encontre a H&M super sized! É a melhor de todas. Vá até o fundo da loja e entre na passagem que dá numa outra galeria, ótima pra comprar produtos de cabelo, hehe. Tem Timberland e "The Body shop" também!

- Ahlens City = Fica no final da mesma rua, cruze a ponte, pertinho da super H&M. O melhor lugar pra comprar bolsas, cosméticos e acessórios para o frio. O design do prédio também é fantástico, parece uma grande caixa de vidro.

Åhléns City

- Kicks Malmö = Loja de cosméticos, eu gosto, mas curto mais a Ahlens city que é maior e tem mais variedade!



4- Mormors Bageri = Uma dica quente pro inverno! A Mormors Bageri é um café que  vende toda a gama de deliciosos doces suecos. Eu tenho um post aqui no blog falando só sobre eles, não dá pra perder!



5 - Barista = Tomar um café ou chocolate quente no Barista é indispensável para ser tão politicamente correto como os suecos pelo menos uma vez na vida! Eu cansava de sentar lá sozinha com meu livrinho e meu chocolate!



6 = Comer em Malmö não é lá tão maravilhoso, temos muito mais fartura no Brasil! Mas se você quiser comer um falafel (vegetariano) ou um kebab (árabe-sueco), dá pra pagar 5 reais em grandes porções. A pizza também é barata (10 reais a grande) e saborosa. Agora, aquelas saladas suecas de camarão frio, eu nunca quis encarar! Fora isso tem o Karib Kreol (com post aqui no blog também) que está na moda e é claro, serve comida caribenha apimentada e gostosinha... (Ah...lá também tem restaurante vietnamita...e thailandêses muito baratos!)


(Falafel)

6 - Triangeln e Entré = São os dois maiores shopping malls de Malmo, o Entré é mais novo, maior e mais interessante, mas se você vem de Copenhagen, tem uma estação dentro do Shopping Triangeln.  O Traingeln também tem uma loja de utensílios gigantesca!

  
(Sim, eles têm mania de arquitetura- caixa de vidro!)

7 - Biblioteca de Malmö - Pô, Marília, não vou pra Europa pra visitar biblioteca, né? Cara, vá! É gigante, é linda, os funcionários são atenciosos e tem um laboratório de computadores (MAC...hehe) de última geração aberto ao público. Se precisar de serviços de impressão ou xerox, eles também têm por preços bem camaradas.





8- Pubs = Malmo tem vários pubs com muita cerveja, dardos, sinuca e pouca comida, mas é divertido pra reunir os amigos. Eu frequentava sempre o mesmo pub, mas esqueci o nome dele, lembro do Rex, que também é legalzinho.

9- Nightclubs (nossas boites) = Eu fui uma vez só e gostei, nessa só tocava rock, é boazinha e chama-se "Cube". Agora, o luxo das nossas boites, não rola, não!

10- Por fim, todos sabem que meu namorado é skatista, então eu sei tudo de Skate por lá. Se visitar o turning torso (aquele prédio fálico), vá também à pista de skate bem próxima da praia (Stapelbaddsparken). No verão há sempre algo legal acontecendo, mesmo pra quem não anda de skate. Ou procure a Bryggeriet para skate indoors. Tem outros parques, mas se você for skatista vai descobrir por si só! Malmö é conhecida como um paraíso do Skate por skatistas profissionais.


(Stapelbaddsparken).

Bom, espero ter ajudado um pouquinho, porque os sites de Malmö explicam muito pouco. Me ajudou a matar um pouquinho da saudade que tenho de lá.

Beijones!

Marília

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Batom rosa sport Make B "O Boticário" X Batom MAC Mocha







Olá amigas! Hoje passe pra deixar um post bem rapidinho. Lembram daquele batom maravilhoso da M.A.C., o Mocha...
Pois é, a linha Make B do Boticário tem um igualzinho! É da linha top do boticário "Make B", custa quase 30 reais, mas é a mesmíssima cor, quem não vai viajar, pode apostar nesse rosinha queimadinho! Eu dei pra minha mãe e ela ficou mais feliz que pinto no lixo.
Como é tradição do Boticário, o batom é super cehiroso, e a embalagem luxuosa, a cobertura é boa e tem ótima duração nos lábios. A cobertura dele é matte. Olha o que o Boticario promete com a linha "Batom perfeito Make B":

De fácil aplicação, oferece o máximo de cobertura e duração de até 8 horas. Com FPS 25 UVA++, vitaminas A e E, tem acção antioxidante, combatendo os radicais livres. Estimula a renovação celular e melhora a tonicidade dos lábios. Dermatologicamente testado. Disponível nas cores Vermelho Dia, castanho Expresso, Boca Sport, Terracota, Rosa Queimado, Vinho Tinto, Rosa Cashmere, Terra do Sol, Vermelho Profundo, Rosa Delicata, Rouge Cristal, Rosa Canela, Vermelho Vivo e Papaya.
 
Um mais lindo que o outro e cobertura perfeita! Eu recomendo!

Sombra Duo Expressions Bodyography - Copper Mist


Muitas pessoas aqui no Brasil ainda não conhecem a Bodyography, empresa de cosméticos americana que atualmente está no mesmo nível da nossa querida M.A.C., porém, só chegou ao Brasil no ano passado. Eu fui apresentada à marca pela minha prima que na época também tinha um excelente blog e ganhou alguns produtos.
Eu nunca escrevo sobre sombras, porque é a parte da maquiagem de que eu menos gosto, por incrível que pareça. Mas essa sombra me surpreendeu positivamente, primeiro porque a pigmentação que ela tem é algo do outro mundo, e segundo porque é um produto multifuncional, como o próprio fabricante promete. Multifuncional, significa que o produto pode ser usado de várias formas, e essa sombra se transforma em blush e delineador, dependendo da maneira como for aplicada. Eu tenho as cores do meio na figura acima, o Duo chama-se Copper Mist, e elas são mesmo variações do cobre.



Peço perdão pela sombra quebradinha, mas ela sobreviveu a uma mudança e algumas viagens internacionais, vou ter que pedir compreensão. Outro plus da marca, é o padrão profissional de seus produtos, essa sombra por exemplo, contém óleos vegetais, vitamina E e propriedades antioxidantes. Quem quiser saber um pouco mais sobre eles pode acessar o site http://www.bodyography.com.br/bodyography.html.

terça-feira, 17 de maio de 2011

Quando questionam a sua competência...

Ô semaninha difícil essa que mal começou! Voltei a trabalhar e já voltei a enfrentar questionamentos a respeito da minha competência. Eu já deveria estar acostumada, já que enfrentei tantas vezes esse tipo de coisa e no fim venci em todas elas. Mas justamente por ter vencido todas as vezes, aparece o medo do velho ditado "pra tudo na vida há uma primeira vez!"`

Pode até parecer hilário se tratando de uma pessoa como eu, que tem um ego do tamanho de um bonde, sendo inflado diáriamente há 26 anos quase 27, mas tenho realmente buscado ser uma pessoa melhor, e encarar o que aconteceu da forma mais positiva possível, mas tá difícil...

Dentre as coisas que estou aprendendo, está o não julgar o próximo (difícílimo pra alguém crítica como eu), eu tento tento, mas o sentimentozinho de ódio não sai de dentro de mim, principalmente quando mexem com o que é sagrado no meu conceito: Teatro + educação. Sim, porque quando você está num processo apenas como ator, é papo de adulto, briga de cachorro grande, mas quando você está em um processo a frente de um grupo de alunos, aí o buraco é mais embaixo, eu me rôo toda pra passar o melhor do melhor de mim, e isso envolve muito mais do que técnica teatral! E aí acabo julgando meu colega de trabalho...o que não está certo! Mas por fim...fica muito mais difícil saber o que está certo ou não nesse caso.

Depois me passa pela cabeça questionar toda a credibilidade que nutria no ser-humano, e aí já é maluquice, né, Marília... você não é bicho, vai ter que aprender a se enturmar com os teus! E aí me lembro porque cansei da classe teatral, da falta de união, da falta de respeito e da falta de tudo mais.

Bom...feliz ou infelizmente, venho de uma família de atores, e não é piegas no meu caso dizer que a arte corre na minha veia, não tenho como abandonar. Eu simplesmente sei o que fazer se me jogam no palco, na frente de uma câmera, ou me colocam um texto na frente. Sendo bom ou ruim o que eu faço, sendo quimera minha o que eu sinto, simplesmente me absorve, me consome e me chama feito íma.

Mil perdões pelo desabafo quase piegas, mas tava precisando... 

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Esmalte H&M - Paradies Pink


Bom dia, amiguinhas! No melhor estilo Xuxa, trago hoje uma mudança de paradigma em minha vida! Eu sempre achei os esmaltes da H&M caros (na Suécia custavam 10 reais) e achava que a relação custo-benefício não era lá tão boa...ledo engano! Minha melhor amiga que voltou da Eurotrip dela agora me trouxe alguns presentinhos, e eu vou fazer review de todos aqui no blog.

Eu ainda não fui à Paris, mas por lá tem a Sephora que ela disse que é uma loucura (e olha que ela nem é tão ligada em cosméticos assim), eu que tenho probleminha de vício em cosméticos, vou ter uma síncope! Na Suécia tem a Kicks, mas não chega aos pés da Sephora. Se alguma menina brasileira moradora de Malmö souber de uma opção melhor, faça o favor de avisar!

Vamos lá falar do esmalte: Lindo! Adorei, a cobertura é maravilhosa, com uma camada já dava o efeito que eu queria, mas eu passei duas só pra garantir. É um rosa um pouco mais fechado do que aparece nas fotos, quase roxo, lembra o "Noites quentes" da Colorama, só que menos roxo.

A câmera da família (onde lê-se eu e meu viking favorito) ficou na Suécia, e eu estou aqui no Rio sem nada, porque perdi o cabo do celular (hehe), e também o cabo da outra câmera (muito bom, Marília!). Mas como minha irmã é uma santa, me emprestou uma das que ela tem e eu pude tirar algumas fotos do esmalte pra mostrar pra vocês. Confesso que ainda estou treinando tirar fotos com uma mão só, então as fotos não ficaram tão boas, mas dá pra ver a cor e o esmalte que era o que eu queria mostrar. 



Ah, eu também não gosto de unhas muito grandes, então cortei, porque com o fortalecedor da Mavala, elas não quebraram nunca mais! Pra quem ainda duvidava que é possível fazer as unhas sozinha em casa, sem tirar cutículas e sem ter muita habilidade, tá aí a resposta! Não é boicote às manicures, não! É só constatação!


Mudança de paradigma: È ok comprar esmalte de 10 reais na H&M, vale a pena e economiza os esforços!

sábado, 14 de maio de 2011

Cabelos naturais - E as crianças?

As pessoas que sempre lêem o blog já sabem que eu estou tentando voltar a ter um cabelo natural.

O que é um cabelo natural?

Acho que toda a brasileira sabe: nada de relaxamentos, permanentes, alisamentos ou coisa parecida. Já faz 5 meses que eu não uso nenhuma substancia alisante no meu cabelo e estou impressionada com a conexão que isso tem com a minha própria personalidade. Muitas pessoas vão me chamar de boba, outras de preconceituosa com as minhas raízes, mas a questão é muito mais profunda. Sabe lá Deus o que está enraizado lá no fundinho de mim, resquícios das imagens que estamos acostumados a ver como padrão estético, paquitas, xuxa, angélica e sei lá mais o quê...
A grande verdade é que mesmo hoje, mais a vontade com a minha própria beleza, com as características da minha raça, ainda me sinto insegura. Comecei a assistir vídeos de mulheres negras americanas que passaram pelo mesmo processo chamado por elas de "transition to natural hair", e vi o quanto a questão é mais profunda do que parece. A maioria afirma que se sente insegura e tem medo do processo de aceitação pelo qual terão de passar.
Você dirá: "Meu Deus, mas é só cabelo!"
Pras mulheres negras, a questão é muito mais ampla, tão ampla, que foi lançado um livro nos Estados Unidos, "Hair Story", sobre a história do cabelo das mulheres negras O livro conta como a história, com referências a escravidão é claro, teve a ver com toda essa relação que a mulher negra constrói com o próprio cabelo.

 

Chris Rock fez um documentario chamado "Good hair" ("cabelo bom") tratando exatamente da mesma questão. Rock foi motivado pela pergunta de sua própria filha, "Dad, how come I don't have a good hair?" (Pai, como é que pode eu não ter cabelo bom?)



Eu mesma já chego ao cúmulo de não me lembrar mais como era meu cabelo natural, já que comecei a fazer permanente afro no cabelo aos 8 anos de idade, e do permanente, passei ao relaxamento e nunca mais parei.
No programa da Tyra Banks, a questão das crianças é mostrada através de uma entrevista com elas e eu confesso que tive vontade de chorar. Eu não me lembro bem se as outras crianças falavam mal do meu cabelo, mas me lembro de amarrar um lenço na cabeça para dançar em casa jogando os cabelos (o lenço, né?), e hoje, me lembrando, acho triste. O vídeo que eu vou postar aqui mostra essas crianças. Infelizmente, o vídeo está em inglês, mas a conversa gira em torno da peruca da Hannah Montana e mostra as crianças escolhendo um cabelo estilo afro como o cabelo que elas nunca iriam querer ter.



Eu quero deixar bem claro, que não condeno as pessoas que alisam o cabelo, nem nunca condenarei. Eu acho que a graça de se ter cabelo é poder fazer o que quiser com ele, mas assistir a esse vídeo de crianças com a auto-estima comprometida, me fez pensar muito a respeito, e considerar que tanto eu, quanto aquelas crianças temos o direito de usar o cabelo como quisermos, inclusive, ao natural.